Toxina Botulínica - William Machado
 

Toxina Botulínica

toxina botulínica

O que é toxina botulínica?

A toxina botulínica é uma substância produzida por uma bactéria chamada Clostridium botulinum. Antes de tudo, trata-se da mesma bactéria causadora da doença botulismo. Mas a toxina botulínica industrializada é purificada e usada em doses que, de fato, não causam a doença. Assim, o efeito promovido pela toxina é de relaxamento muscular temporário podendo ser utilizada tanto em estética quanto em patologias. Na estética está indicada, principalmente, para suavizar rugas bem como linhas de expressão na região da face e pescoço.

 

Veja também:

 

Áreas de Aplicação

→ As regiões mais comumente tratadas são:


  • Rugas na testa: músculo frontal
  • Glabela (espaço entre as sobrancelhas): músculos corrugadores e próceros;
  • Região periorbitária (pés de galinha): músculos orbiculares;
  • Rugas nasais: músculo nasal;
  • Rugas ao redor da boca: músculo orbicular
  • Rugas no pescoço: músculo platisma;
  • Podendo também ser utilizado para elevação de cauda do supercílio e em pacientes que apresentam hiperidrose (suor excessivo) em axilas, palma das mãos, pés, etc.

 

Modo de ação da toxina botulínica

Diversos fatores contribuem para a formação das rugas sendo a exposição solar excessiva. Entre eles, por exemplo, o tabagismo e a força muscular individual, o que ocasiona contração muscular excessiva. Assim, quando injetamos a toxina na região das rugas, ela atua como um bloqueador neuromuscular. Ou seja, bloqueando a transmissão de estímulos dos neurônios para os músculos. Dessa forma, impede, parcial ou totalmente, a contração muscular de modo temporário.

Aplicação da toxina

A toxina botulínica é aplicada na região que apresenta as rugas com pequenas agulhas no consultório médico, sendo um procedimento rápido e praticamente indolor. Mas, em pacientes com limiar menor de dor, podem ser aplicados anestésicos no local antes do tratamento.

Contraindicações

A toxina botulínica, assim como todo medicamento, é contraindicada para pacientes que apresentam alergia a qualquer componente de sua formulação. Além disso, mulheres grávidas ou em amamentação, portadores de doenças neuromusculares, imunológicas e coagulopatias (ou ainda pessoas que utilizam anticoagulantes, aminoglicosídeos e drogas que interfiram na transmissão neuromuscular) não devem ser tratados com a substância.

Resultados da aplicação

O início da ação da toxina é esperado por volta de 72 horas e ele estabiliza em até 15 dias. A duração do resultado do procedimento irá variar entre 3-6 meses, de acordo com a força muscular de cada indivíduo.

Outras indicações

Além do uso estético, a toxina botulínica pode ser utilizada para uso terapêutico em alguns tratamentos. Como, por exemplo, de bexiga hiperativa, espasticidade disfuncional (rigidez muscular excessiva), distonias, espasmo hemifacial, hiperidrose, enxaqueca (migrânea crônica), estrabismo e blefaroespasmo.

Agende sua consulta: (86) 99829-6475 (clique aqui)