Prótese de Panturrilha - William Machado
 

Prótese de Panturrilha

prótese de panturrilha

A prótese de panturrilha é indicada para pacientes que apresentam pouca projeção na região da panturrilha, mais conhecida como “batata da perna”. Dessa forma, ao aumentar o volume desta região, torna mais harmônico o contorno das pernas em relação às coxas. A projeção produzida pela prótese de panturrilha é mais posterior do que lateral. Ou seja, a “batata da perna” terá seu volume aumentado principalmente atrás da tíbia (canela), sendo mais visível de trás do que pela frente.

 

Veja também:

 

Qual é o tipo de anestesia utilizada? 

Pode ser utilizada anestesia geral ou bloqueios (peridural).

Como é realizada a cirurgia de prótese de panturrilha?

É realizada uma incisão (cicatriz) é na dobra posterior do joelho. Assim, abre-se a fáscia muscular (capa que envolve o músculo). Em seguida é confeccionada uma loja (espaço) entre a fáscia e o músculo, onde a prótese é colocada. Posteriormente, realiza-se a sutura na fáscia e a pele.

Qual é o período de internação?

Geralmente é de 1 dia.

Como é o pós-operatório?

Deve-se evitar, principalmente, andar muito e subir escadas. É comum um pouco de dor nas primeiras 48 horas, mas controlada com anti-inflamatórios e analgésicos. Além disso, uma meia elástica até o joelho deverá ser usada por 14 dias.

Quais as possíveis complicações?

Apesar de muito raras, podem ocorrer algumas complicações. Como, por exemplo, infecção, hematoma, seroma, alteração da cicatrização, trombose e extrusão da prótese.

Quando obteremos o resultado definitivo?

O resultado definitivo de qualquer cirurgia plástica ocorre depois de 6 meses, devido ao amadurecimento da cicatriz. Mas, com dois meses, a forma já estará praticamente pronta.

Recomendações pré-operatórias

– Comunicar a equipe se, antes da operação, apresentar gripe ou então indisposição;

– Internar-se no hospital ou clínica indicada em jejum de 8 horas, inclusive de água, obedecendo, assim, ao horário estabelecido;

– Evitar bebidas alcoólicas, drogas, bem como refeições muito fartas na véspera da cirurgia;

– Programe suas atividades sociais, domésticas, profissionais ou escolares. Para que, desse modo, não se torne indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 15 dias.

Recomendações pós-operatórias

– Evitar esforços nos 15 primeiros dias;

– Não movimentar as pernas em excesso;

– Não realizar atividades físicas com membros inferiores por, em média, 60 dias;

– Não dirigir por 30 dias;

– Não se exponha ao sol por 3 meses;

– Obedecer à prescrição médica;

– Alimentação normal;

– Tire conosco suas eventuais dúvidas.

Agende sua consulta: (86) 99829-6475 (clique aqui)