Mamoplastia de aumento - William Machado
 

Mamoplastia de aumento

mamoplastia de aumento

O que é, de fato, a mamoplastia de aumento?

Mamoplastia de aumento é a cirurgia que aumenta o volume das mamas através da colocação de próteses de silicone.

Qual tipo de anestesia utilizada nessa cirurgia?

A colocação de próteses pode ser realizada com anestesia local, local e sedação, bem como com bloqueios e anestesia geral. No entanto, a escolha do tipo de anestesia é consenso entre o cirurgião plástico, sua equipe e o paciente.

 

Veja também:

 

Qual a duração da cirurgia?

A cirurgia de mamoplastia de aumento dura em média 1 hora.

Qual o período de internação?

Em média, o período de internação dura 1 dia.

Onde são realizadas as incisões (os cortes na pele)?

Existem três incisões mais utilizadas para colocação da prótese de silicone. Nesse sentido, elas são feitas no sulco submamário (mais utilizada), na região periareolar (ao redor das aréolas) e em região axilar. Portanto, cada tipo de incisão será discutido com a paciente, assim será escolhida a mais adequada para seu caso.

Qual é a extensão das cicatrizes?

As cicatrizes variam de tamanho entre 3 e 5 cm de acordo com a paciente, do tipo e tamanho de prótese a ser colocada. Dessa forma, o resultado final da cicatriz na maioria dos casos é bem favorável, exceto em pacientes com tendência a queloides e cicatrizes hipertróficas.

Minha prótese ficará abaixo ou acima do músculo?

A decisão de colocar a prótese submuscular (abaixo do músculo) ou subglandular (acima do músculo) vai depender da conformação anatômica da paciente. Assim como da quantidade de glândula mamária pré-existente, grau de queda e flacidez das mamas.

Quais são os tipos de próteses existentes no mercado?

Atualmente no mercado existem os implantes lisos, de poliuretano e texturizados. Cada tipo é indicado para um paciente específico. Além disso, com relação à forma, os implantes podem ser redondos, anatômicos e cônicos.

Qual volume e tipo de prótese indicados em meu caso?

Durante a consulta, a paciente será examinada. Assim, serão analisadas quais são as indicações de cada tipo de prótese. Desse modo, o volume será decidido em conjunto com a paciente, a partir do volume desejado e da avaliação de alguns parâmetros como, por exemplo, largura e comprimento do tórax. Bem como espessura da pele, do tecido subcutâneo e do volume inicial da mama.

Poderei amamentar após a cirurgia?

Não, a cirurgia de mamoplastia de aumento não irá alterar a arquitetura da glândula mamária. Nesse sentido, não interferirá na amamentação. Isso porque a prótese é colocada abaixo da glândula mamária ou do músculo peitoral.

Devo trocar minha prótese a cada 10 anos?

Atualmente não existe consenso quanto à necessidade de troca ou então a durabilidade dos implantes atuais. Mas a recomendação existente é que a paciente realize acompanhamento pós-operatório de rotina e, em casos de ruptura, contratura capsular e alteração na forma, essas próteses sejam trocadas.

O que é a contratura capsular?

É uma retração exacerbada da cápsula fibrosa (que normalmente se forma em torno da prótese). Dessa maneira determina certo grau de endurecimento à região, quando palpada. Em alguns pacientes, essa reação pode ser muito intensa o que causará dor bem como necessidade de troca das próteses. A retração da cápsula ocorre por um comportamento anômalo do organismo das pacientes que a apresenta.

O pós-operatório da mamoplastia de aumento é doloroso?

Geralmente não, desde que você obedeça às instruções médicas, principalmente no que tange à movimentação dos braços nos primeiros dias. Eventualmente poderá ocorrer dor, mas ela facilmente cederá com os analgésicos receitados.

Existem riscos nesse procedimento?

Nenhuma cirurgia é isenta de riscos. Mas, raramente, a cirurgia plástica estética de aumento de mamas tem sérias complicações. Nesse sentido, as complicações mais comuns são os hematomas, inerentes a qualquer ato cirúrgico.

São utilizados curativos?

Sim, curativos com gaze e micropore que são trocados diariamente e em retornos com a equipe.

Quando são retirados os pontos?

Como a maioria dos pontos é absorvível não há necessidade de retirada.

Quando poderei tomar banho completo?

Após 24h.

Por quanto tempo devo usar o sutiã após a cirurgia?

O tempo ideal é de 45 dias.

Quando poderei voltar a dirigir?

A liberação para dirigir é, em média após 3 semanas.

Quando posso retornar às atividades físicas?

A liberação para exercícios é feita de forma progressiva. Caminhadas leves após 15 dias; Exercícios de musculação que não envolvem os braços ou tórax após 20 dias; e os que envolvem os braços e o tórax após 45 dias.

Recomendações pré-operatórias

– Comunicar a equipe se, antes que seja realizada a operação, você apresentar gripe ou indisposição;

– Internar-se no hospital ou clínica indicada, em jejum de 8 horas, inclusive de água, obedecendo ao horário estabelecido;

– Evitar bebidas alcoólicas, drogas bem como refeições muito fartas na véspera da cirurgia;

– Programe suas atividades sociais, domésticas, profissionais ou escolares. Desse modo, você não se tornará indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 15 dias.

 

Recomendações pós-operatórias

– Evitar esforços nos 15 primeiros dias;

– Não movimentar os braços em excesso;

– Não se exponha ao sol por 6 meses;

– Obedecer à prescrição médica;

– Alimentação normal;

– Provavelmente você estará se sentindo tão bem, mas esta euforia poderá levá-la a um esforço inoportuno, o que determinará certos transtornos;

– Tire conosco suas eventuais dúvidas.

Agende sua consulta: (86) 99829-6475 (clique aqui)